Rexona-AdeS vence o Praia Clube por 3 sets a 0 fora de casa

 

 

Rexona-AdeS vence o Praia Clube por 3 sets a 0 fora de casa
Equipe carioca manteve 100% de aproveitamento nesta segunda-feira, em Uberlândia

 
Diante de um grande adversário, reforçado por um excelente público, o Rexona-AdeS mostrou sua força nesta segunda-feira (15.12), em Uberlândia. Mesmo errando acima de sua média, o atual e maior campeão da Superliga superou as donas da casa por 3 sets a 0 (25/19, 25/22 e 25/22) e manteve-se invicto na competição, com 10 vitórias e 29 pontos.
 
Um dos pilares da equipe, a líbero Fabi foi eleita a melhor em quadra e enalteceu o resultado conquistado na noite desta segunda-feira. “Jogar contra o Praia Clube, aqui, é sempre muito difícil. Acho que suportamos bem a pressão nos momentos finais dos sets, principalmente. Estudamos muito o time delas, até porque a torcida aqui faz muito barulho e em muitas vezes nem ouvíamos as instruções do Bernardo. Foi uma vitória importante e agora temos que focar nos dois últimos jogos, que são importantíssimos”, analisou.
 
Com mais uma atuação consistente, a ponteira Natália lembrou que a equipe errou bastante. No entanto, ressaltou a superação em reverter os momentos difíceis. “Foi uma boa vitória. Conseguimos nos recuperar em algumas situações ruins dentro do jogo, contra uma equipe forte como o Praia Clube, que jogava diante de sua torcida”, disse Natalia.
 
O próximo compromisso do Rexona-AdeS será contra o tradicional rival Molico/Osasco, na sexta-feira (19.12), às 21h30, no Tijuca Tênis Clube. Os ingressos para a partida começarão a ser vendidos na bilheteria do ginásio, de 11 às 20h, já na quarta-feira (17.12). A entrada de arquibancada custará R$ 10,00 (R$ 5,00 meia-entrada) e a de cadeira custará R$ 15,00 (R$7,50 meia-entrada). Estudantes terão direito a meia-entrada e menores de 12 anos e maiores de 60 terão direito a gratuidade, sempre munidos de documentos de identificação.
 
Vale lembrar que cada torcedor poderá comprar até quatro entradas e que as gratuidades para menores de idade só poderão ser retiradas pelos responsáveis legais.
 
O Jogo
No primeiro set, o Rexona-AdeS conseguiu impor seu ritmo de jogo na maior parte do tempo. Com a linha de passe do Praia Clube oscilando muito, o bloqueio da equipe carioca apareceu bastante. No entanto, pouco antes da segunda parada técnica, o time da casa aproveitou-se dos erros das cariocas para conseguirem empatar, virar e abrir uma pequena vantagem (18/15).
 
Bernardinho pediu tempo, cobrou suas jogadoras e, com Juciely no saque, o Rexona-AdeS pontuou sete vezes seguida, encaminhando bem a vitória, que veio em um ataque de bruna na saída de rede: 25/19.
 
Na segunda parcial, o Rexona-AdeS não conseguiu ser tão eficiente. Com 10 pontos de erros cedidos, a equipe carioca teve que suar ainda mais a camisa para superar o Praia Clube e sua torcida. Com três bloqueios contra nenhum de seu adversário e contando com mais um dia inspirado de Gabi, que anotou, sozinha, sete pontos no set, o time comandado por Bernardinho fechou em 25/22.
 
Faltando apenas um set para fechar o jogo, o Rexona-AdeS deslanchou no início do terceiro set e chegou a ter seis pontos de vantagem (12/6). No entanto, o Praia Clube fez algumas modificações, entre elas a ida de Tandara para a ponta e a entrada da levantadora Ju Carrijo no lugar de Karine. Com isso, a equipe mineira voltou a incomodar e encostou no placar.
 
Bernardinho também mudou. Lançou Regis como oposta no lugar de Bruna e viu sua equipe fechar novamente em 25/22, levando mais três pontos para o Rio de Janeiro.
 

Be the first to comment

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: