Superliga: Sheilla não se ilude com sequência de vitórias

Sheilla não se ilude com sequência de vitórias

O recorde de 21 vitórias seguidas do Molico/Osasco na Superliga é festejado, mas visto com cautela pela capitã Sheilla. Sonhando com o título brasileiro em sua segunda temporada pelo time paulista, a bicampeã olímpica não quer que sua equipe se desestabilize no caso de um tropeço.

 

sheilla

“A marca é muito legal. Mas não podemos pensar muito nisso. Se perder um jogo, pode parecer que é o fim do mundo e que tudo desmoronou. Não é assim. Temos que pensar em cada partida. Queremos ficar em primeiro na fase de classificação porque, se chegarmos à final, poderemos disputar o título em São Paulo”, afirmou Sheilla.

Ela já passou por situação parecida quando defendia a Unilever, que ficou 19 jogos invicta na Superliga 2011/12, mas depois foi derrotada por Vôlei Futuro e Osasco. Naquela temporada, o time carioca chegou à decisão e foi superado pela equipe paulista.

“Lembro daquele ano. A invencibilidade pode acabar. Vamos enfrentar Amil e Unilever, além de outros duelos fora de casa, contra Araraquara e Brasília”, alertou Sheilla, que foi campeã nacional por Minas e Unilever e sonha com o título pelo Osasco.

Be the first to comment

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: