Campeão olímpico Rodrigão é mais um a deixar ex-time de Eike Batista

rodrigao

Campeão olímpico em 2004, o meio-de-rede Rodrigão foi mais um a deixar o RJ Vôlei, time que tinha como parceiro o empresário Eike Batista. O atleta deixou o clube carioca para defender o Barij Essence Kashan, que disputará os playoffs do Campeonato Iraniano.

"Meu pensamento era o de permanecer no Brasil até o final da Superliga, mas todos sabem dos problemas que o RJ vem enfrentando nesta temporada. Além disso, o acordo com o Kashan é curto, de menos de um mês, pois o último jogo da decisão está previsto para o dia 15 de março", disse Rodrigão, que deverá estrear na próxima quarta-feira.

Desde que começou a passar por uma crise financeira, o RJ Vôlei já perdeu Bruninho, Thiago Sens, Thiago Alves e Leandro Vissotto só neste ano.

Os atletas deixaram o time carioca devido à crise financeira do clube que culminou no atraso salarial deles. A instabilidade da equipe aconteceu após OGX, empresa de Eike Batista, retirar o apoio ao RJ Esportes em novembro de 2013.

Rodrigão voltou às quadras em setembro de 2013. Aos 34 anos, o atleta estava disputando jogos de vôlei de praia antes do acerto com RJ Esportes.

Be the first to comment

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: